sábado, 28 de março de 2009

Jantar 27 de Março Video I

Para uma panorâmica mais geral, desta vez, utilizamos a técnica da "grua de braços", apenas utilizada em grandes Produções e por Grandes Realizadores. Alguns Produtores utilizam a grua mecânica, ultrapassada. Aqui foi empregue a técnica multi-braço e o efeito é o que podem comprovar quando visualizarem este documentário vivo e cheio de anima de todos os presentes.

video

O cinema documental nunca mais será o mesmo! Qual Frederick Wiseman...

4 comentários:

  1. Meus caros,

    Foi com alguma emoção que me reencontrei com o passado, mas afinal tão presente. O reencontro com o Vitor Batista, o Vitor Gaspar, o Xico, o Rui,... com os mais velhos e com os mais novos. Uns que conhecia de nome, mas que nunca tinha visto. Outros que conheci há mais de 30 anos, mas que tinha perdido nos caminhos da vida. Foi, na verdade, uma sensação muito gratificante. Obrigado a todos, em particular ao Vitor Batista que é o grande responsável por tudo isto. Proponho, por isso, que o Vitor Batista assuma o nobre e importante cargo de BASTONÁRIO. O que acham? José Duarte

    ResponderEliminar
  2. É mais do que justo o reconhecimento do papel do Vitor Batista como dinamizador desta tertúlia e aglutinador de um grupo que é cada vez maior. E isso é fantástico!!!
    Logo "BASTONÁRIO" é um cargo que lhe assenta de forma perfeita...
    Muito interessante o facto de os participantes no 1º jantar terem comparecido em força e terem mobilizado outros!
    Muito bom...Assim será, estou certo, no dia 22 de Maio!

    Abraço a todos

    Fernando Mateus Carvalho

    ResponderEliminar
  3. Deixem o Vitor como está, porque tudo depende de cada um de vós. Sem membros activos e colaborantes, nada feito. Deixem as BASTONADAS e vão aparecendo e fazendo uns comentários uns post's...
    Um abraço para vós e endereço as vossas palavras para todos os que estiveram presentes e para aqueles que não estando, gostariam de ter estado.

    Vitor

    ResponderEliminar
  4. Não te preocupes, Vitor, o "título" é informal e não remunerado! Claro que o que importa é realçar a participação e colaboração de todos num "projecto" comum, bem plasmado no artigo único desta "espécie de tertúlia"!

    Aguardemos entretanto qual a opção para o próximo encontro, no qual naturalmente estarei presente (salvo algum imprevisto de força maior), embora a minha opção seja claramente pela manutenção do conceito, feliz e adequado, que foi definido e tem condições para continuar a crescer!

    abraço,

    Fernando Carvalho

    ResponderEliminar

O seu comentário é muito importante.
Obrigado